Contactos

Agil BrookersImoveis - imóveis ao seu alcance.

  • Pessoa de contato: Herminio
  • Telefone: +55 (11) 98389-30-15, salgado
  • +55 (11) 97492-95-93, salgado
  • +55 (11) 4828-67-41, salgado
  • MSN: herminios.ahsp@gmail.com
  • Endereço postal: Avenida Marques de São Vicente, Barra Funda, São Paulo, 01139-001, Brasil

Horário de funcionamento

Renovações do site

JORNAL DO IMÓVEL

JORNAL DO IMÓVEL
CUIDADOS COM O IMÓVEL USADO.

25/12/11 20:00

AQUISIÇÃO DE IMÓVEL USADO EXIGE CUIDADOS.
O sonho da casa própria pode virar pesadelo se o futuro morador não ficar atento a vários detalhes antes de fechar negócio. Especialistas listam alguns dos itens que devem ser observados, um deles a localização. Independentemente de o imóvel ser ou não usado, é preciso se atentar à oferta de serviços que o bairro oferece. “ Tem de ver se o bairro possui boa infra-estruturar, se tem farmácia, bancos, padaria e outros serviços” , recomenda a assistente de direção do PROCON-SP, Edilia Moquedace.
A localização tem papel ainda mais importante quando o comprador pretende morar4 em casa térrea, em razão da segurança. “Precisa observar se nas redondezas há terrenos baldios e a iluminação do bairro é adequada”, avalia Moquedace. “A quantidade de estabelecimentos comerciais na região também é outro importante indicativo”, completa.
As opções de transporte também devem ser levadas em conta, conforme lembra o economista-chefe do Secovi-SP ( sindicato da habitação ), Celso Petrucci. “ O futuro proprietário deve conhecer o local profundamente. Às vezes é importante para pessoa morar perto de uma estação de metrô ou trem”, afirma.
Petrucci diz que vale a pena pensar no potencial de valorização do imóvel. “É preciso ficar atento a fatores que podem valorizar ou desvalorizar a residência. Uma dica é escolher imóveis em locais onde são feitas transformações positivas”, diz o economista. A recomendação é ter olhar clínico e se atentar aos detalhes do imóvel usado. Quanto mais antiga a casa, segundo os especialistas, maiores os riscos de apresentar problemas de estrutura, como rachaduras e mofo. “Tem de tomar muito cuidado com as condições do imóvel, observar a presença de infiltrações, procurar saber a situação da rede elétrica e outros itens”, defende a supervisora institucional da Proteste, Polyana Silva. Abrir uma torneira ou dar uma descarga pode revelar se há indícios de vazamento no banheiro, por exemplo. Na opinião da especialista, a ajuda de um técnico pode ser útil. “É importante fazer uma vistoria nesta parte mais técnica.
“Caso a pessoa tenha dificuldade em identificar possíveis problemas, pode contratar gente especializada para auxiliar”, opina Silva.
O economista-chefe do Secovi concorda que é preciso ficar atento à estrutura do imóvel, antes de fechar negócio. “Quando se compra um imóvel novo, normalmente é possível ter acesso ao manual descritivo, o que dá idéia de como será instalada, por exemplo, a parte hidráulica, o que já não ocorre nos casos de imóveis usados”, explica.
Celso Petrucci minimiza, no entanto, a importância da ajuda de especialista para analisar a estrutura da residência. “ Não tem como o técnico descobrir qual a situação da rede elétrica. Só se ele quebrar a parede”, adianta.
Petrucci recomenda conversar com vizinhos ou com o zelador para colher o máximo de informações possíveis sobre o imóvel.
Reportagem de:
REPORTER DIÁRIO.